06 setembro 2007

A "aterragem" nos Açores

"Quando cheguei à ponte a animação era grande! Cmte, GMar e “engenheiro” iam da amurada para o radar, do radar para a carta, da carta para o roteiro e do roteiro novamente para a amurada. Fui espreitar: viam-se já as luzes de uma qualquer povoação de São Miguel, provavelmente o Nordeste... mas no radar NADA! e farol também não... Seria aquela luz que aparecia “por trás de terra”?"


"E por fim começa a ver-se o nascer do sol: o horizonte a ficar iluminado, o céu a assumir tons de vermelho e depois de laranja, uma enorme bola alaranjada e depois amarela a subir lentamente no céu...

e um cheiro a torradas a sair pela clarabóia da câmara de oficiais."



No 6º dia da Viagem: o dia em que o Creoula chegou aos Açores.

1 comentário:

navegante disse...

estes nascer do Sol no mar são incrivelmente bonitos