01 dezembro 2007

Entrada em Ponta Delgada

"Devagarinho, com a ajuda de rebocadores, entrámos no porto de Ponta Delgada. A frente marginal da cidade é magnífica pelo contraste dos imponentes edifícios brancos com as cantarias escuras.


A acostagem não foi fácil, o Creoula não tem bow thrusts, aquelas hélicezinhas laterais que ajudam a encostar os navios ao cais. Era preciso lançar retenidas para terra e à primeira tentativa estávamos demasiado longe."
(...)





"Que estranho! Estava a observar a manobra e descobri que não me lembrava, de maneira nenhuma, do nome dos cabos de amarração... Quantas vezes a largar ou a amarrar o meu barco, ou os barcos de amigos, dizíamos larga o “lançante”, passa já a “regeira” ou passa já o “spring”. Só que desta vez, NADA! Tive que, depois da manobra, ir pedir a ajuda ao “mestre” Madeira para me relembrar destes nomes; “a idade não perdoa mesmo!”"

2 comentários:

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Os hélicezinhos laterais auxiliares de manobras chamam-se prpulsores de proa em Português e "bow thrusters" em inglês. Tudo no masculino, por favor...
Tres apitos longos e um curto...

Teresa Maria Gamito disse...

Por acaso as hélicezinhas laterais auxiliares de manobras chamam-se em português "propulsores laterais de proa" quando são na proa, ou "propulsores laterais de popa" quando são na popa, em inglês stern thrust.
Quanto a ser thrust ou thruster, já vi escrito das duas maneiras em livros conceituados da especialidade por isso admito que qualquer das palavras esteja correcta.
Quanto a ser masculino não tenho dúvidas nenhumas que a palavra "propulsor" ou seja, já para hélice mantenho a minha explicação que está em comentário ao artigo acima.

Cinco apitos curtos.....